domingo, 7 de agosto de 2016

Comunidade Terapêutica

Filosofia de Atendimento 
O Programa Terapêutico Provita tem como objetivo contribuir para o Desenvolvimento da Autonomia do acolhido, possibilitando a mudança de seu Estilo de Vida, desconstruindo padrões de comportamento que comprometem sua saúde física, mental e espiritual, possibilitando a  reformulação  de novos conceitos, se estruturando para uma oportunidade de conviver com as situações decorrentes da Dependência Química de forma segura e amparada por meio da comunicação livre entre a equipe e acolhidos, em uma organização solidária, democrática e igualitária.

Nossa abordagem terapêutica tem como base o Plano de Atendimento Singular, visando contemplar as diferentes habilidades inerentes a cada acolhido, primando pelo Desenvolvimento Holístico do ser humano por meio do convívio em comunidade, na interação com a natureza com as diferentes culturas e procedimentos terapêuticos adequados para cada caso.


As Comunidades Terapêuticas, historicamente, têm dado provas de construir uma eficiente abordagem de tratamento do abuso de substâncias psicoativas e de problemas ocasionados pelas mesmas.

Busca-se promover novas abordagens terapêuticas considerando os quatro aspectos que envolvem o ser humano, ou seja, leva-se em consideração o bio-psico-sócio-espiritual de cada um, sendo a Dependência Química considerada e reconhecida como uma doença pela Organização Mundial da Saúde (F10 a F19).

Levando-se em consideração estes aspectos, a abordagem básica do Sistema Provita de Reabilitação Psicossocial é o tratamento do indivíduo como um todo, buscando potencializar a força individual de cada um presente na coletividade. Ao vivenciar situações semelhantes de abuso de substâncias comuns a todos os dependentes, a mútua ajuda torna-se fator relevante no processo terapêutico.













Nenhum comentário:

Postar um comentário